5 guerreiras da antiguidade que venceram inimigos e tabus

Ao longo da história, a maioria das civilizações vêm tratando os embates militares como uma arte excusivamente masculina. Foi apenas em tempos mais recente que as mulheres passaram a participar em batalhas em maior escala. A exceção é a União Soviética que, durante a Primeira Guerra Mundial fez uso de batalhões e pilotos femininos e viu centenas de milhares de mulheres soldados lutar na Segunda Guerra Mundial.

Nas principais civilizações do passado, a rotina das mulheres geralmente estava restrita aos papeis tradicionais. Haviam poucas exceções. E ainda assim existem exemplos de mulheres que venceram a tradição e alcançaram a fama no campo militar.

Abaixo estão 5 das mais ferozes guerreiras do passado. Elas não enfrentaram apenas inimigos, mas também precisaram vencer o rígido caminho imposto pela socidade de sua época.

1. FU HAO (SÉCULO 13 a.C)

A TUMBA DE FU HAO

Fu Hao foi uma das 60 esposas do Imperador Wu Ding da dinastia Shang, na China antiga. Ela venceu a tradição ao servir como sacerdotisa e também general militar. De acordo com antigas inscrições em ossos cerimoniais, Fu Hao comandou 13 mil soldados, os liderou em muitas campanhas militares e foi considerada a mais poderosa líder militar de sua época.

As muitas armas encontradas em sua tumba reforçam o grande poderio militar de Fu Hao. Ela também mantinha o controle de um feudo próprio nas imediações do império de seu marido. Sua tumba, escavada em 1976, está aberta à visitação pública.

2. ARTEMÍSIA I DE CÁRIA (SÉCULO 5 a.C)

A antiga rainha grega de Halicarnasso, Artemísia, governou no fim do século 5 a.C. Ela era aliada do rei persa Xerxes I, e lutou por ele durante a segunda invasão persa à Grécia. Artemísia comandou pessoalmente 5 navios na Batalha de Salamis.

Heródoto a descreveu como inteligente, resoluta e uma impiedosa estrategista. Polyaneus relata que Xerxes a elogiou acima de todos os demais oficiais de sua armada e a recompensou por seu desempenho em batalha.

3. BOUDICA (SÉCULO 1 d.C)

Rainha celta da tribo Icena, Boudica liderou um levante contra as forças do Império Romano na Britânia depois que os romanos ignoraram o testamento de seu marido, Prasutagos, que legava seu reino ao domínio combinado de Roma e de suas duas filhas. Após a morte de Prasutagos, os romanos estupraram as princesas herdeiras, açoitaram a viúva Boudica e ainda tomaram o reino.

Boudica, à frente dos exércitos dos Icenos e dos Trinovantes, destruiu Camulodinum (Colchester), Verulamium (St. Albans) e Londinium (Londres), até que acabou derrotada pelo poderoso exército romano.

4. TRIÊU THI TRINH (SÉCULO 3 d.C)

TRIÊU THI TRINH

Comumente chamada de Senhora Triêu, essa guerreira vietnamita do século 3 d.C conseguiu temporariamente livrar sua terra natal do domínio Chinês. Pelo menos conforme fontes tradicionais vietnamitas, que também a descrevem com 2,5 metros de altura e seios grandes que eram amarrados nas costas durante a batalha. Ela costumava lutar montada num elefante.

Os chineses e seus registros históricos não fazem qualquer menção a Triêu Thi Trinh, mas para os vitnamitas, a Senhora Triêu é a mais importante figura militar daquela época.

5. ZENÓBIA (SÉCULO 3 d.C)

Rainha do Império de Palmira da Síria a partir de 267 d.C, em apenas dois anos de reinado, Zenóbia livrou o Egito dos romanos. Seu domínio acabou não indo muito mais além, pois em 271 foi derrotada pelo Imperador Aureliano que a levou de volta pra Roma, onde – dependendo de qual relato você escolher acreditar – ela morreu pouco tempo depois; ou se casou com um governador, viveu uma vida luxuosa e se tornou uma conhecida filósofa e socialite.

Apelidada de ‘Rainha Guerreira’, Zenóbia tinha boa educação e falava vários idiomas. Era conhecida por praticar atividades consideradas masculinas, como cavalgar, caçar e beber com seus oficiais.

O ÚLTIMO OLHAR DA RAINHA ZENOBIA SOBRE PALMIRA, HERBERT GUSTAVE SCHMALZ

FONTE: madefrom.com

Anúncios

Compartilhe sua opinião conosco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s